Tudo Que Você Precisa Sobre A Gravidez

1 De 4 alimentos que comemos são cereais

cereales

Os cereais e seus derivados representam mais de um quarto da ingestão calórica diária (especificamente 27,4%) . De fato, 11,6% são pães, doces e confeitos representam 6,8%, grãos e farinhas 4,5%, massas 3,6% e cereais matinais e barras de cereais 1%.

Isso fica claro em um artigo publicado na revista 'Nutrients', em que os especialistas analisaram 2.009 pessoas de entre 9 e 75 anos , bem como a energia contribuída por um total de 16 grupos e 29 subgrupos de alimentos e bebidas. Depois dos cereais, as carnes e derivados são as que mais contribuem para a ingestão calórica dos espanhóis (15,2%), incluindo neste grupo as carnes (9,2%), as salsichas e os enchidos. produtos cárneos (5,8%) e vísceras e vísceras (0,1%). Em terceiro lugar estão óleos e gorduras (12,3%), um grupo que inclui azeite (9,2%), outros óleos (1,7%) e manteiga, margarina e gordura. (1,4%).

Nesse sentido, o presidente da FEN, Gregorio Varela-Moreiras, relatou que há um consumo excessivo de gorduras (38,5%) e proteínas (16,8%) , enquanto a ingestão de hidratos de carbono (41,1%) está abaixo das recomendações da Agência Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA).

Produtos lácteos, peixe, açúcares ...

O grupo seguinte, na quarta posição é liderado pelos produtos lácteos, com uma contribuição para a ingestão calórica diária da população em Espanha de 11,8%, fazendo parte deste Agrupar o leite (5,0%), os queijos (3,0%), o iogurte e o leite fermentado (2,4%) e outros produtos lácteos (1,5%). O grupo de frutas contribui com 4,7%, 4,2% com pré-cozidos e 4% com legumes.

Os peixes e frutos do mar contribuem com 3,6%, e açúcares e doces 3,3%. Este grupo inclui chocolate (1,5%), açúcar (1,4%), geléias e outros (0,3%) e outros doces (0,1%). As leguminosas representam 2,2%, os ovos 2,2%, os molhos e condimentos 1,6%, os lanches 0,8% e os suplementos e substitutos de refeições 0,1%.

As bebidas não alcoólicas respondem por 3,9% da ingestão calórica de alimentos diários. Se os reaquecermos, refrigerantes com açúcar contribuem com 2,0%, sucos e néctares 1,3%, outras bebidas não alcoólicas a 0,3%, cafés e infusões a 0,2%, bebidas esportivas 0,1%, e bebidas energéticas, refrigerantes sem açúcar e água zero por cento em cada caso.

Com relação ao consumo de carboidratos , de acordo com os resultados deste estudo da ANIBES, estes eles respondem por 17% da ingestão diária total de energia. Neste sentido, o consumo de referência da EFSA é de 18,0%, 90g / dia para uma ingestão média de 2.000 kcal / dia, portanto, seria em quantidades semelhantes.

%